BLOG

Pós-Graduação: Fazer ou não?

Introdução

Então a faculdade chega quase que ao meio… Começam aquelas preocupações: as matérias começam a ficarem mais exigentes, os professores idem; o tempo para estudar fica cada vez mais escasso, já não basta roubarmos algumas horas ao sono ou até ao horário de trabalho, também assaltamos as horas de lazer e o tempo da família. E aí vêm as preocupações recorrentes: além de termos que passar, começamos a lembrar de que daqui a alguns períodos, vamos estar nos graduando.

E aí bate aquela neura: FORMATURA! Começamos a pensar no evento, em roupas, gastos, etc… Ainda nem colamos o grau e já estamos nos preocupando novamente com banalidades. Mas e o depois? Então se formou, colou grau, o canudo está na mão e daí? É o suficiente? Já dá para melhorar o salário e para ser promovido a chefe? É isso que precisávamos apenas? Um pedaço de papel que garante aos nossos empregadores que podemos “chefiar”?

Para alguns (senão a maioria) esta é prioridade máxima… Já conseguiu o que queria, não é mesmo? Para que sofrer mais e continuar se matando de estudar? Para colocar um “título a mais” na nossa designação profissional? E qual será a real
vantagem disso para nós como profissionais acadêmicos de nível superior?

É isso o que tentaremos definir nesse tópico. Esperamos que ele ajude a todos a entender a importância de uma pós-graduação, de um MBA, de um mestrado ou de um doutorado.

O que significa na prática uma pós-graduação?

Primeiro precisamos traçar uma definição ampla de como ocorre à evolução acadêmica em geral no Brasil e no restante do mundo, à partir da graduação formal acadêmica e as pós-graduações possíveis:

Evolução acadêmica no Nível Superior

Graduação

  1. Bacharelado
  2. Licenciatura
  3. Tecnologia

 Pós-graduação

  1. Lato sensu
    • Especialização
    • MBA
  2. Stricto sensu
    • Mestrado
    • Doutorado (LLD, PhD)
    • Doutorado direto
    • Doutorado Honoris causa

Pós-doutorado

  1. Habilitação
  2. Livre-docência

Ou seja, estamos atualmente no 1º nível dessa árvore hierárquica de graus, cursando o grau de Bacharelado em Engenharia de Produção, uma das subdivisões das cinco grandes áreas de especialização de Engenharia. A Engenharia de Produção se enquadra aí como uma divisão específica de especialização ligada a qualquer uma dessas 5 áreas principais da Engenharia, notadamente nas áreas de Mecânica, Elétrica, Química (engenharias industriais). Em qualquer uma delas o grau obtido será o de Bacharel.

Mas o que significa exatamente ser Licenciado ou ter o grau de Bacharel? E mais, no que impacta ser pós-graduado, ou seja, obter o Mestrado e/ou o Doutorado? E ainda: existe Pós-Doutorado? Vamos tentar responder essas perguntas nos próximos posts.

Até breve!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s